Wahoo KickR Climb e a tecnologia do pedal

Pedalar, para mim, é uma prática essencialmente outdoor. Poucas são as sensações iguais a receber o vento na cara enquanto se desce uma montanha a 50, 60km/ h; raras são as sensações de alívio como quando finalizamos alguma subida monstruosa qualquer, daquelas que praticamente trocam todo o sangue em nossas pernas por ácido lático. Justamente... Continuar Lendo →

Ohana Kahi 127.5, 28 de setembro

Triathlon é um esporte com perfil diferente da ultramaratona. E não falo aqui do óbvio de se somar à corrida outros dois esportes, claro. Falo do espírito. Em geral, o triatleta é hipercompetitivo por natureza, como se o maior inimigo de sua vida fosse o relógio. Nada de anormal para um esporte em que a... Continuar Lendo →

Encaixado

Segundas, quartas e sextas pela manhã, natação; às noites, corrida que transforma o esporte em modal de transporte. Terças e quintas de madrugada, ciclismo com eventuais treinos de transição. Sábados, longos de 4 ou 5 horas no pedal ou simulados que incluam nadar, pedalar, correr. Pode parecer muita coisa - e de fato é, a... Continuar Lendo →

A corrida secreta com o Tempo

Cinco da manhã. Sob uma camada fria de neblina, na escuridão absolutamente deserta de Ílhavo, no norte de Portugal, saio para uma corrida solitária. Ainda será escuro, pelo menos até as 6:30 da manhã, e sei que terei como companhia apenas eventuais latidos de cachorros mal humorados que cismam em rosnar para quem quer que... Continuar Lendo →

Os recordes da Comrades

Quais as melhores marcas já registradas nesses quase 100 anos da rainha das ultras? Recordes são uma coisa esquisita. Por um lado, principalmente em competições importantes, são marcas que acabam transformando atletas em mitos, abrindo para eles as portas da fama e da eternidade; por outro, são marcas que rapidamente se transformam em alvos para... Continuar Lendo →

70.3 solo, parte 3 (final): Corrida

Antes de dar os meus primeiros passos, imaginei que seria difícil correr a meia maratona com aquele cansaço todo. Quando dei os primeiros passos, sentindo aquele peso do início de corrida imediatamente depois de pedalar, tive absoluta certeza disso. Mas, depois de cinco, talvez 10 minutos... tudo mudou. Não sei ao certo como ou por... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑