Isolamento pelo Corona, dia 18

Hoje é quinta - apesar disso parecer cada vez menos relevante. O tempo tem sido redefinido em dois grandes blocos: um dia útil imenso, de 120 horas de duração, e um final de semana. E, na medida em que o final de semana vai se aproximando, o corpo já começa a reagir com pontadas de... Continuar Lendo →

Isolamento pelo Corona, dia 15

É engraçado como a rotina se impõe, implacável, mesmo nas mais esdrúxulas das situações. Duas semanas já se passaram desde que entramos em isolamento aqui. Dias úteis continuam sendo úteis: aprendemos a equilibrar volumes intensos de trabalho (pois sempre há ondas de demandas concentradas quando o mundo muda abruptamente) com atividades para crianças e afazeres... Continuar Lendo →

Isolamento pelo Corona, dia 10

Nunca gostei de academia. Nunca. Devo ser o único em toda a minha assessoria, aliás, que se recusa terminantemente a fazer qualquer tipo de fortalecimento muscular - mesmo ciente de que isso me tomará um bom tempo durante provas. "Irrelevante", digo para mim mesmo. Não tenho absolutamente nenhuma pretensão de pegar podium em um Iron.... Continuar Lendo →

Isolamento pelo Corona, dia 9

Não me lembro de ter trabalhado tanto, com tanta "densidade por produção", quanto agora. Coordenar empresas, montar e gerir planos de novos projetos adaptados a essa realidade bizarra e cuidar de crianças simultaneamente envolve mais esforço do que qualquer treino que me lembre para qualquer prova que eu tenha participado. Entre reuniões, metralhadas no teclado,... Continuar Lendo →

Isolamento pelo Corona, dias 6-8

Com a TV e a Internet concentradas nessa fase de notícias pesadas e pouco esperançosas, manter o otimismo é um desafio à parte. Algo que todos temos que aprender, creio: crises raramente são feitas de boas notícias, afinal. Por aqui, foram três dias de reclusão semi-completa com direito a todo um mar de atividades com... Continuar Lendo →

Isolamento pelo Corona, dia 5

Hoje cedo pedalei por encostas de vulcões, estradas costeiras e por um deserto. Virtualmente, claro. Aliás, sempre interpretei esses exercícios virtuais gamificados como uma espécie de prisão, um 'plano b' forçado quando as condições exteriores impedirem acesso à rua. Com tudo o que está acontecendo, o Zwift é hoje o ambiente onde me sinto mais... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑