História da Comrades

(traduzido a partir do site da Comrades)

História da Comrades e a Visão de Vic Clapham

Quando a fumaça se dissipou de um mundo devastado pela guerra no final de 1918, os mortos somavam quase 10 milhões. Nessa guerra de apenas quatro anos, morreram muito mais pessoas do que em todas as guerras dos cem anos anteriores. Não é de se admirar, portanto, que as associações, como a Liga dos Camaradas da Grande Guerra, fossem iniciadas para dar ajuda às famílias dilaceradas pelas crueldades da guerra e para que os soldados conseguissem “reativar” a camaradagem demonstrada nos campos de batalha.

Um soldado que fez campanha na África Oriental se aproximou da Liga dos Camaradas da Grande Guerra com uma visão que resultaria na maior ultramaratona do mundo 80 anos mais tarde. Vic Clapham dificilmente poderia imaginar que, quando fundou a Maratona Comrades em 1921, quase 20 mil atletas amadores seguiriam o seu sonho todo ano.

Depois que voltou para casa, Clapham aproximou-se do da associação de atletismo de Natal (Africa do Sul) com um plano: fazer um percurso entre Pietermaritzburg, sua cidade natal e Durban. Ele tinha ouvido falar de uma “Caminhada da Bolsa de Valores”, de Londres a Brighton, a uma distância similar. E sentiu que se a infantaria, convocando para as forças armadas jovens sedentários, poderia suportar marchas forçadas a grandes distâncias, atletas treinados poderiam cobrir a distância entre as duas cidades sem grande dificuldade.

A associação de atletismo não estava interessada, achando que Clapham estava louco. No entanto, ele se aproximou da Liga e  e pediu permissão para encenar a corrida sob os seus auspícios. Clapham não recebeu a resposta que esperava: os membros achavam que a ideia era árdua demais e recusaram a proposta.

Clapham perseverou e repetiu a solicitação em 1919 e, novamente, em 1920. Finalmente, em 1921, foi estendido um empréstimo de £ 1 (dois Rands) para que ele pudesse colocar o plano em ação. Vic Clapham sofreu muitas críticas mas, nesse ano, seguiu em frente com seus planos, e sob o olhar duvidoso da Liga dos Camaradas da Grande Guerra, fundou a Maratona Comrades. Ele teve uma carta publicada na imprensa local, anunciando o evento e convidou pessoas a doarem prêmios, informando que os formulários de inscrição poderiam ser obtidos a partir de sua casa em Pietermartizburg ou da do Sr. JR Walker, secretário dos Camaradas em Durban.

E, assim, um dos grandes eventos do atletismo do nosso tempo nasceu no dia 24 de maio de 1921. A camaradagem teve como base as memórias daquela terrível guerra três anos anteriores. Tradições cresceriam e sobreviveriam, mesmo para os dias atuais.

Além desse texto, vale também conferir estes dois vídeos (infelizmente, ambos em inglês) sobre a corrida:

 

 

 

E, claro, mais informações podem ser conseguidas diretamente no site: www.comrades.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: