Relatório de treinamentos até 15/12: recuperação ao longo da semana

Essa semana foi marcada por alguns fatores importantes, destacando a volta ao treinamento normal depois de eu ter cortado um dia na semana passada por conta de uma pancada forte no joelho direito fora da corrida.

A recuperação seguia seu ritmo normal, evoluindo aos poucos, até que tropecei em um banco com o outro joelho, criando uma espécie de simetria de dores. O efeito acabou sendo pior do que eu imaginava: por conta dela, acabei compensando a pisada na perna cujo joelho estava melhorando e, no longão de ontem, tive a sensação de ter voltado à estaca zero.

Essa sensação, aparentemente, foi apenas isso mesmo: uma sensação. No regenerativo de hoje de manhã, sob um sol escaldante aqui em Sampa, decidi fazer uns testes. Ao sair, já nos primeiros quilômetros, realmente senti umas fisgadas leves no joelho direito (sendo que o esquerdo, afetado com a segunda pancada, já estava perfeito). Mesmo assim, persisti. Com cautela.

Fiz a volta pela trilha do Ibirapuera para variar um pouco o terreno e sair do asfalto. Tudo tranquilo, como se a dor estivesse cedendo na medida em que o corpo se aquecia mais.

No final da trilha, quando voltei ao asfalto para sair do parque, não havia mais nenhum tipo de fisgada ou pontada incomodando. Estava quase novo.

Quando entrei na 9 de Julho decidi fazer uma tempo run não programada – um teste importante porque, até então, qualquer corrida forte gerava pontadas que forçavam uma desaceleração.

Resultado: nada de dor. Acelerei e continuei acelerando sem problemas. No caminho, passei por pequenos aclives e declives também sem problemas. No final, depois de uma semana em que o pace médio subiu quase 30″ em relação ao que estava fazendo, acomodando-se acima dos 6’/km, consegui terminar o regenerativo em 5’59″/km (considerando nesse tempo, claro, as paradas em semáforos e bebedouros em que nunca pauso o relógio).

Voltei para casa satisfeito, me sentindo mais curado e, mesmo agora, desaquecido, a dor parece estar entre o extremamente leve e o desaparecido.

Ainda assim, para garantir, farei algumas adaptações na semana. Estou pensando um pouco na programação e posto entre hoje e amanhã, mas é bem possível que dê uma espécie de mini-férias para o corpo na última semana útil do ano.

Enquanto ainda estou pensando nisso, seguem os gráficos:

Gráficos de treinamento até 15/12

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: