A Durban que se mostra aos poucos

À primeira vista, Durban não impressiona. Os prédios parecem meio abandonados, como se tivessem sido imponentes em algum momento da década de 70, as ruas vazias, os carros acabados. Qualquer dica do que fazer dada em hotéis aponta para cassinos chatos, excessivamente artificiais e nada autênticos, sob avisos de que se deve evitar ao máximo andar sozinho pelas ruas.

Não: à primeira vista, realmente não há como se encantar com Durban.

Mas aí você entende que está, provavelmente, em uma das mais africanas das grandes cidades sul africanas. Percebe que os sons são uma mescla cosmopolita de idiomas diversos, que há descendentes dos bôeres, dos ingleses, dos zulus. Que há brancos, negros e muitos indianos. Que os cheiros são temperados com pimenta do reino, curry e salitre.

Você começa a se entregar à cidade com cara de velha, de largada, de decadente, e começa a entender que está na África.

E sai, sem medo, para uma corrida no pôr do sol.

Talvez pela posição geográfica ou pela época do ano, o céu exibe cores tão vibrantes que parece que os Deuses usaram nele filtros do Instagram. Vermelho fogo se casa com amarelo, que se mescla ao azul, que cria uma sensação de explosão calma, suave, refletindo nos espelhos tortos dos prédios velhos e ricocheteando nas passadas dos corredores no calçadão.

Durban mostra o seu melhor por trás da modernidade que estamos habituados a exigir, mostra que tem o seu tempo. Mostra que, com uma forte dose de arrogância, ignora o Tempo.

E é isso que a faz mágica, única, mais autenticamente africana.

Não haveria lugar melhor para terminar a Comrades.

durban_beachfront_at_sunset

Um comentário em “A Durban que se mostra aos poucos

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: