Checkpoint 1: Começando a nova jornada

Não dá para dizer que foi uma semana intensa. Verdade seja dita, eu até tentei sair mais vezes à rua para já acostumar as pernas a um novo ritmo de treino, buscando um tempo bom na Maratona de São Paulo para utilizá-lo como Qualify de Comrades.

No entanto, há momentos em que devemos ouvir o corpo.

Depois do longão do sábado – que incluiu uma tempo run bem, bem longa, cheguei esgotado. E chegar esgotado depois de uma corrida de duas horas para quem já estava acostumado a correr por períodos bem maiores decididamente não é um bom sinal.

Resultado: cortei o domingo e me dei um dia a mais para descansar, recuperando a musculatura com um pouco mais de calma. Vamos ver como o dia amanhecerá amanhã.

De toda forma, esse checkpoint marca o começo da estrada para a minha segunda Comrades – e, diferentemente do que fiz em provas alfa anteriores, vou manter o histórico. Ou seja: comecei essa planilha logo após a Comrades 2014, quando estava fazendo a transição que culminaria na Douro Ultra Trail. De lá até a próxima Comrades, portanto, um ano terá se passado – o que garantirá um histórico bom.

Ainda não sei o ritmo que devo emplacar, pois dependo do meu treinador e claro, das intempéries naturais da vida de um corredor amador. O importante, no entanto, é que a largada está dada!

Agora é ver e acompanhar de perto como será essa nova ultra jornada até a minha segunda edição da Comrades, lá na África do Sul!

Captura de Tela 2014-09-21 às 12.56.42

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s