Programas de treinamento da Comrades 2015 no site

Nos últimos dias, recebi mensagens de alguns corredores perguntando sobre programas de treinamento para Comrades. Bom… eu não segui nenhum programa profissionalmente estruturado para a ultra desse ano: ao contrário, sempre fiz o meu próprio com base em muita leitura e estudo. E funcionou.

Isso não significa, no entanto, que não existam referências úteis. De todas as provas do gênero, a Comrades é a que mais tem informações úteis em seu site e pela rede afora.

Exemplo disso é a área de treinamento do site www.comrades.com: há modelos de planilha para qualquer que seja o seu objetivo. E digo uma coisa: são referências FANTÁSTICAS, mesmo que não siga à risca, por terem sido elaborados pelo Lindsey Parry (técnico oficial da prova) e por se basearem em décadas de dados estatísticos sobre o que funciona e o que não funciona.

Assim, deixo já essa indicação abaixo, com link direto para as planilhas que vão até dezembro desse ano e focadas em quem estiver atrás da medalha Bill Rowan (sub-9h).

Para fazer o download, clique aqui; para acessar a área de treinamentos do site da Comrades, clique aqui. E bons treinos!!!

Anúncios

3 comentários sobre “Programas de treinamento da Comrades 2015 no site

  1. Ricardo,

    Excelente e oportuna a sua abordagem sobre o tema. Antes da prova de 2014, recordo-me de uma postagem sua, onde inseriu planilha que estimava o tempo de conclusão, baseado nos três últimos resultados do corredor, a princípio uma prova curta (10 Km); Meia (21 Km) e Maratona (42 Km).

    Penso que aqui nasce a base teórica para o treinamento individualizado para os que se lançam ao desafio. A partir da performance anterior do atleta, o treinador poderá adaptar planilhas de treinamento otimizando, gradualmente, os aspectos físicos e psicológicos, entretanto, em decorrência do longo tempo de corrida para a maioria dos corredores (8 a 12 horas), acredito que, nunca é demais, ensaiar hidratação, alimentação, suplementação e os materiais esportivos que serão usados na jornada (tênis, meias, meias de compressão, bermuda com bolsos, boné, óculos escuros, relógio).

    Ademais, por considerá-lo fator preponderante, sugiro, no ápice do treinamento, realizar o ULTRA LONGÃO, algo em torno de 60% da distância da prova.

    Ultra abraço e parabéns pela postagem!!!

    Dionísio Silvestre
    http://correrpurapaixao.blogspot.com.br/

    • É verdade Dionísio! Eu nem lembrava daquele post com estimativa de tempo. Vou revisitá-lo depois para ver se bateu, mas uma coisa foi fato: nenhuma teoria ou estatística é perfeira para quem estiver fazendo a primeira Comrades. Há simplesmente muitos fatores externos importantes, desde a emoção da prova até, claro, a distância percorrida em aslfalto duro.

      Ainda não estipulei minha meta pro ano que vem, mas gostaria muito que fosse sub-10h. Vamos ver se será possível!

      • De fato, existem variáveis externas que não dominamos. É óbvio que a experiência de já haver corrido a prova auxilia muito aos veteranos, porém, ainda assim, será necessário doses diárias de disciplina e dedicação. Quanto ao sub 10 horas, vou estar por lá para comemorar mais uma conquista do amigo e quem sabe, para aquele papo de corredor que faltou neste ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s