A quebra da véspera

7 da manhã, quase madrugada para essa fase mais “solta” que meu relógio biológico está vivendo.

Olhando para o sábado já claro, mas ainda com ruas desertas, fixei o relógio, liguei um podcast no iPhone e saí para um treino que prometia ser duro. Das duas horas previstas sob um sol que estava fazendo Sampa parecer o Rio (só que sem as praias), 50 minutos estavam reservados para duas sessões de tempo runs (na casa dos 4’50″/km) e mais 15 para 5’30”.

Os primeiros quilômetros a caminho da USP foram meio tensos, com pernas e ligamentos mais duros, tesos. Mas, na medida em que o tempo foi passando e o suor pingando, acabei entrando em velocidade de cruzeiro.

Brasil, Cidade Jardim, Faria Lima, ponte da Rebouças e USP. Fora os poucos cruzamentos, tudo foi leve até o momento de acelerar.

E acelerei. Fiz a primeira sessão, de 20 minutos, quase brincando. Ofeguei, respirei, relaxei as pernas e segui em trote por mais 10.

Reacelerei para a segunda sessão, de 30 minutos. E aí veio a quebra: por um erro de planejamento (ou excesso de arrogância), deixei a infame Subida do Matão bem para o meio da segunda sessão de tempo.

E, já nos primeiros metros, esbarrei em um muro tão forte que por pouco não tive que andar.

Subidas, no entanto, sempre acabam – e ao término dessa consegui me refazer, recalcular o plano e seguir de novo até em casa.

Cheguei esbaforido e mais cansado que o usual – mas com uma lição importante aprendida: esteja onde estiver no seu treino, tenha o preparo que for, nunca se deve ignorar a imprevisibilidade que corre conosco em cada quilômetro.

Semana que vem é a Maratona de SP e, claro, quebrar hoje não é um bom sinal. Mas talvez tenha sido exatamente o que precisava: um sopro de realidade para que encare os quilômetros com o respeito que eles merecem.

IMG_5578.JPG

Anúncios

Um comentário sobre “A quebra da véspera

  1. Pingback: Checkpoint 4: Obedecendo ao sol | Rumo a Comrades 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s