Mudanças no percurso de Comrades, pontos de corte e dificuldades a mais para corredores

Nos últimos dias, a organização de Comrades divulgou uma mudança no percurso oficial desse ano, acrescentando exatos 877 metros e transformando a prova deste ano em uma das mais longas da história das up-runs, somando 87,72km.

877 metros pode não parecer muito, ok. Mas acredite: para uma prova de quase 90 corrida em asfalto e com a primeira metade sendo quase toda em subida, é. 

E piora um pouco: esse acréscimo ocorre em Pinetown, ainda na primeira metade, logo depois dos primeiros 20km de prova. 

Quer mais? Há um novo ponto de corte inserido no km 17, na base de Cowies Hill, eliminando todos os que não tiverem passado por lá em menos de 2h40. 

E tem mais uma ainda: apesar do acréscimo na distância, o principal ponto de corte na “metade extraoficial” da prova (em Drummond) continua o mesmo: 6h. 

OK: para quem vai correr para uma Bill Rowan ou mesmo uma medalha de bronze, isso realmente não deve ser nenhum problema catastrófico. Sim: ficou um pouco mais difícil, com uma distância e uma pressão de tempo levemente maiores. 

Mas o sofrimento deve ser mesmo para quem estiver se planejando para fazer um sub-12 (ou simplesmente “chegar”).

Primeiro, porque esses atletas provavelmente largarão nos últimos pelotões, perdendo algo como 5 ou 8 minutos. E, segundo, porque cada instante contará para eles, que terão que fazer 43km, dos quais mais de 30 serão em subida, em menos de 6h.

Mas Comrades é assim: segundo o próprio slogan deles, é a dificuldade que a faz grandiosa.

Locais e tempos de corte oficiais abaixo:

  

4 comentários em “Mudanças no percurso de Comrades, pontos de corte e dificuldades a mais para corredores

Adicione o seu

    1. Oi Lourenço! Ano passado fiz em 10h54, mas o percurso era de descida (embora com distância levemente maior, de 89k). Esse ano quero tentar 10h30, embora me satisfaça com o sub-11. Isso dá um pace entre 7 e 7’30″/km.

      É puxado principalmente pelas tantas subidas – mas o clima dessa corrida é inacreditável e ajuda a endorfina a correr mais solta. São 87km com gente torcendo por vc nos dois lados da estrada, com outros 23 mil corredores se apoiando mutuamente, com 90 anos de lendas e histórias etc. é a prova mais mágica que conheço e conto muito com isso para me acelerar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: