No primeiro sábado da montaria

No sábado passado, na USP, encarando meu primeiro treino longuinho de bike às vistas do meu novo treinador, o Diego, da Trilopez, e sob uma garoa fina ansiosa para se apresentar para mim.


Chuva no asfalto se mistura a óleo, vira gelo quente. No escuro, ainda, tanto pior, que não se diferencia nem gente de fantasma.

Mas não caí. 

Comecei com um trote de 10km esperando o sol raiar e, depois, me atirei com vontade na bicicleta.

Ainda estou meio bambo, carecendo de hábito e prática, receoso até de deixar um único braço desgrudado do guidão. Mas isso passa.

Passa porque, novamente, a sensação do vento alisando o rosto com sua velocidade em uma descida daquelas bem lisas, anima cada átomo do espírito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: