A melhor corrida do mundo

Comrades? BR135? Caminhos de Rosa? Western States? UTMB? Nada.

No sábado passado corri uma ultra de 2km com minha filha mais velha, de 6 anos. E teve de tudo que uma ultra tem – com o bônus, claro, de estarmos juntos, em dupla, do começo ao fim.

Teve a empolgação do início, com ela voando como se fosse uma prova de 100 metros rasos. Teve o entendimento que 2km são longos, imensos, intermináveis para uma criança pequena.

Teve o muro batendo e nos forçando a andar. Teve alternância de pace. Teve papo. Teve cumplicidade. Teve o “quero desistir”. Teve o “falta pouco”.

Teve estamos na reta final!

Teve a linha de chegada… e teve o abraço final.

Teve tudo que uma ultra incrível costuma ter… mas teve também a minha filha cruzando a chegada comigo.

E isso foi impagável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: