Passa a bike!

O dia até começou calmo, silencioso, prometendo uma pedalada suave.

Não durou muito tempo.

Na verdade, durou exatos 17 minutos e 57 segundos: o tempo que consegui pedalar na USP nesta segunda-feita de tempo ameno, céu sem nuvens e ruas totalmente abertas.

De repente, logo depois da rotatória no topo do morro que dá acesso ao portão principal, um carro preto, filmado, me fechou.

O motorista já desceu apontando a arma: “Passa a bike! Passa a bike!”

Enquanto eu desclipava, o carona já abria o porta-malas e arrancava-a da minha mão.

Em segundos, os dois desapareceram.

E lá fui eu, andando pesado com os sons da sapatilha, por mais ou menos uns 2km até o carro.

O dia agora incluirá fazer BO, acionar seguro, reprogramar treinos, caçar uma nova bike dentro de um novo orçamento e, claro, tocar a vida.

Péssima notícia para uma segunda-feira, pouco mais de 30 dias antes do meu embarque para o Unogwaja.

Mas, enfim, sigamos.

O importante é não perder a energia – e digo isso montado na ergométrica da academia, completando o treino previsto para o dia, menos de 1 hora depois do roubo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: