Caminhos de Rosa

Semana passada teve a Caminhos de Rosa, uma das ultras mais icônicas, singulares e maravilhosas que já participei.

Lá, há alguns anos, tive essa oportunidade tão indescritível de singrar o mesmo sertão dos livros de Guimarães Rosa, de assar em uma fornalha de 43 graus, de comer poeira, desviar de boiadas, admirar veredas e buritis e, enfim, de respirar 140km da endorfina mais poética que já tive contato.

Um dia volto lá pro sertão. Um dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: