A Dor

No último sábado, quando a maratona foi sucedida por uma interminável lista de tarefas e funças paternas, uma dor decidiu se instalar em mim.

A Dor, que vive nos arredores da omoplata esquerda, aumenta e diminui de intensidade ao seu próprio sabor. Ela não gosta muito de manhãs: acorda mal humorada, rabugenta, cedendo um pouco apenas depois de um bom banho e do café. Mas não some.

Fica por ali, pensando na vida, mostrando-se presente, vez por outra impondo-se sobre os pulmões e as vontades gerais.

No sábado à noite, quando ela primeiro apareceu, imaginei que fosse uma visita breve, daquelas que sequer ficam pra o jantar. Ledo engano: hoje já é terça e, aparentemente, a dor sequer faz menção em sair.

O que fazer, então?

Quando uma visita aparece em casa e parece não querer sair nunca mais, o jeito é sempre manter o bom humor, brincar de bom anfitrião e dar a ela pistas de que a hora já está adiantada demais.

É o que tenho feito.

Tomei um Flanax – percebido pelas dores inconvenientes como o cafezinho que encerra a noite. Falei em alto e bom som que, por conta da sua presença, havia desistido de pedalar ontem de manhã. Aumentei os grunhidos e me fiz mais manco – algo equivalente a bocejar em frente às visitas. Desdobrei-me em pistas e mais pistas de que já passou da hora dela seguir seu rumo para fora da minha omoplata esquerda.

Ela é teimosa, essa Dor. Teimosa e burra: parece não entender muito de sinais.

O jeito, talvez, seja ser menos discreto e ignorá-la em uma sessão de tiros ou duas horas de natação. Há, claro, o risco dela se irritar ainda mais com a minha falta de educação e fincar suas garras por mais tempo… mas às vezes precisamos tomar medidas drásticas na expectativa de que elas se revertam em soluções práticas.

Vejamos se a Dor entende o recado e sai de uma vez da minha omoplata.

Sábado, afinal, tem longão de novo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: