Está na hora da Comrades

Durban está logo ali na esquina do calendário. A ansiedade, por sua vez, já está devidamente acumulada, pulsando sangue pelas artérias e veias a cada treino.  Já me perguntaram inúmeras vezes por que eu ainda corro a Comrades. Esta será a minha quarta participação, afinal - o suficiente para conhecer cada centímetro do percurso e... Continuar Lendo →

Em busca das impossibilidades

Estes últimos 12 meses foram muito, muito singulares para mim. Embora tenha já dedicado anos às ultras, foi nesse período que concentrei dois dos desafios que, até pouco tempo, considerava como excepcionalmente fora do meu alcance: o Unogwaja, em junho do ano passado, e a BR135+, em janeiro deste ano. As descobertas que vieram desses... Continuar Lendo →

Desabafo curto

Eu amo morar em São Paulo. Aqui tem de tudo: gente de todos os tipos, opções culturais incomparáveis, escolas fantásticas para as crianças, oportunidades de negócio em cada esquina. É o tipo de lugar que dá para vir, se propor um desafio monstro qualquer e batalhar até chegar onde se deseja. Aqui construí minha vida:... Continuar Lendo →

Entre heróis gigantes

Ontem, André Costa, meu parceiro no Unogwaja do ano passado, concluiu a UB515 - um ultratriathlon que inclui 10km de natação, 421km de bike e 84km de corrida ao longo de três dias. Na outra ponta do país, em Floripa, praticamente um exército de colegas da BR Esportes fechou o Ironman 70.3 com direito a... Continuar Lendo →

Começando dias melhores que os outros

Clack. Clack. Swoosh, swoosh, swoosh. Na penumbra que ainda persiste nas ruas da Cidade Universitária às 5 da manhã, o silêncio é quebrado apenas por sapatilhas clipando em pedais e o pretume da noite, por figuras bailando sobre duas rodas. O mais bonito do ciclismo não é o esporte em si, provavelmente o mais duro... Continuar Lendo →

Transicionando… de novo

Triathlon olímpico feito, é hora de voltar os treinos para - claro - a Comrades, que já está logo ali. E não é tarefa fácil. Com a carga totalmente dividida entre corrida, pedal e natação, o maior longo que eu havia feito até a semana passada, ao menos desde a BR135, foi de algo como... Continuar Lendo →

O que uma boa dose de suor faz

Mesmo com essa intoxicação corporal esquisita que tive depois do triathlon, o sorriso permaneceu colado ao meu rosto. Da mesma forma que quando cruzei a chegada da BR135. E do Unogwaja. E das Comrades. E de praticamente qualquer ultra que já fiz em toda a minha vida. No final, uma boa dose de suor, daquelas... Continuar Lendo →

A vantagem do triathlon sobre as ultras

Semana passada eu falei sobre a vantagem das ultras sobre o triathlon. Confirmo cada palavra... mas um capítulo só dificilmente conta uma história inteira. Porque há todo um outro lado a se levar em conta também. Treinar para ultras inclui liberdade e variedade? Sem dúvidas - mas também carrega suas limitações. Poucos são os esportes... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑