Já no groove

A parte mais difícil do início de uma nova temporada ou de um novo ciclo é, sem a menor sombra de dúvidas, a descoberta de uma nova rotina. E mais: quanto mais intenso tiver sido o ciclo anterior - e, consequentemente, quanto mais cansado o corpo estiver - mais árido é esse retorno. Senti isso... Continuar Lendo →

De peixe a siri

Não nado em academia. Como tenho piscina no prédio, acabo fazendo todos os meus treinos por lá mesmo, sem pagar nada a ninguém e apenas seguindo a planilha que meu treinador me manda. Confesso que não é a planilha mais científica do mundo: ela tem, por exemplo, séries e mais séries de treinos educativos/ corretivos... Continuar Lendo →

Novo ciclo, novas descobertas

Sábado foi o primeiro dia em que eu saí para rodar com a Shiv, minha nova bike (e primeira de triathlon que já experimentei na vida). Parecia que estava aprendendo a andar de bicicleta de novo: levei tempo para me entender com os aerobars, as barras prolongadas à frente do guidão que permitem uma posição... Continuar Lendo →

Bike 1 x 0 Ricardo

Ok, semana de começar a engrenar nos treinos de triathlon. Já abri minha segunda com 1 hora de pedal na bike nova seguida por 1800m de natação. Repeti na terça, ontem, mergulhando mais nos outros esportes enquanto o corpo se recupera um pouco mais da corrida. Enquanto pedalava no rolo, senti as marchas sambarem, se... Continuar Lendo →

O próximo capítulo

Lembro-me de, semanas depois de ter terminado o Unogwaja, ter escrito algum post aqui sobre o fim de um capítulo e o começo de um outro. O outro, que confesso ter sido escrito com falhas ingênuas (como conciliar treinos intensos de ultra com triathlon), acabou precisando ser repensado, revisado, reescrito. Seu foco foi forçosamente enxugado... Continuar Lendo →

Como é ser apoio na BR135+

Ao longo da minha vida de corredor, já fiz a BR135+ três vezes: como apoio, como dupla e, na semana passada, solo. Nunca cheguei a registrar, no entanto, a minha visão de apoio, que inclui dirigir por horas a fio, correr ao lado do atleta para dar motivação, se desdobrar como babá, aguentar altos e... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑