A resposta da Bertioga-Maresias

Larguei para os 75km da Bertioga-Maresias em uma espécie de angústia resignada.  Estava com o corpo mastigado, desmotivado e, em essência, absolutamente desnorteado. Havia, nos últimos meses, concebido um plano infalível para cumprir toda uma bateria de metas sobre-humanas em tempo recorde. No curtíssimo período de um ano, recém saído do Unogwaja, faria não apenas... Continuar Lendo →

Esta semana tem prova

Esta semana tem os 75km da Bertioga-Maresias, com direito a praiões, serras, vistas e tudo que qualquer ultramaratonista possa gostar. Mas - e esses "mas" sempre são um problema - essa talvez tenha sido uma prova que tenha vindo cedo demais. Talvez pular do Unogwaja diretamente para o treino de outra ultra poucos meses depois... Continuar Lendo →

Toalha jogada (ao menos ontem)

Há dias em que o cansaço é simplesmente demais e que o melhor a se fazer é desligar a planilha e ouvir o corpo. Ontem eu tinha natação e bike. Na prática, o que acabei tendo mesmo foi uma boa noite de sono.

Finalmente pronto para recomeçar

Na semana depois do Unogwaja consegui rodar apenas 6km, lá em Cape Town, subindo o Signal Hill. Foi dolorido demais. Uma semana depois, já de volta, fiz 35km. Ainda com dor. E fraco, como se estivesse preso naquele ponto baixo de uma ultra onde a energia parece simplesmente inexistir. Semana passada fechei 50km. Nos primeiros... Continuar Lendo →

Confiando nas pálpebras

Pálpebras, às vezes, sabotam nossos treinos. Tenho para mim que elas agem em conluio com o corpo, articulando planos secretos para usurpar ou impor sonos, abrir ou tapar ouvidos, parir ou exorcizar ímpetos quaisquer. Pois bem: hoje, pela primeira vez desde que passei a integrar o Unogwaja, as minhas pálpebras (e suas cúmplices ocultas) ganharam.... Continuar Lendo →

Sonambulando de cansaço

Shwush, shwush, shwush, shwush... Fui o primeiro a chegar no Riacho Grande no sábado, ainda antes das seis da manhã. Ou o segundo: enquanto me empuleirava na bike, um corredor já começava a ensaiar seu longão. Ignorei. Segui com o meu: 5 horas previstas para aquele dia em um vai-e-vem já cotidiano. Shwush, shwush, shwush...... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑