A próxima estrada: Ironman

Minha experiência, hoje, com triathlon, resume-se a um simulado que fiz lá por agosto ou setembro do ano passado. Claro: já pedalo, nado e corro - mas considerar que o triathlon é apenas uma soma desses três esportes é de uma ingenuidade grande. Pois bem: é hora de mudar isso. Até o final da semana... Continuar Lendo →

Novo ciclo, novas descobertas

Sábado foi o primeiro dia em que eu saí para rodar com a Shiv, minha nova bike (e primeira de triathlon que já experimentei na vida). Parecia que estava aprendendo a andar de bicicleta de novo: levei tempo para me entender com os aerobars, as barras prolongadas à frente do guidão que permitem uma posição... Continuar Lendo →

O próximo capítulo

Lembro-me de, semanas depois de ter terminado o Unogwaja, ter escrito algum post aqui sobre o fim de um capítulo e o começo de um outro. O outro, que confesso ter sido escrito com falhas ingênuas (como conciliar treinos intensos de ultra com triathlon), acabou precisando ser repensado, revisado, reescrito. Seu foco foi forçosamente enxugado... Continuar Lendo →

Entre lendas

Lendas têm sempre a importância somada de suas histórias, seus feitos, seus mitos. Tenho algumas lendas no meu panteão particular, esculturas imaginárias a quem visito mentalmente sempre que preciso de alguma referência ou inspiração para qualquer coisa. Lá há antepassados, há aqueles espíritos livres e aguerridos que superam de tudo em suas vidas, há escritores... Continuar Lendo →

A resposta da Bertioga-Maresias

Larguei para os 75km da Bertioga-Maresias em uma espécie de angústia resignada.  Estava com o corpo mastigado, desmotivado e, em essência, absolutamente desnorteado. Havia, nos últimos meses, concebido um plano infalível para cumprir toda uma bateria de metas sobre-humanas em tempo recorde. No curtíssimo período de um ano, recém saído do Unogwaja, faria não apenas... Continuar Lendo →

Maratona de Curitiba

Sabe a pior coisa que alguém pode fazer quando está afogado em todos os sintomas de overtraining? Arrumar uma prova nova para fazer no curto prazo.  Pois é. Como preciso de um qualify para a Comrades e como essa maratona é sempre deliciosa de correr, foi exatamente o que fiz.  Como vou sobreviver até lá... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑