Entre lendas

Lendas têm sempre a importância somada de suas histórias, seus feitos, seus mitos. Tenho algumas lendas no meu panteão particular, esculturas imaginárias a quem visito mentalmente sempre que preciso de alguma referência ou inspiração para qualquer coisa. Lá há antepassados, há aqueles espíritos livres e aguerridos que superam de tudo em suas vidas, há escritores... Continuar Lendo →

A resposta da Bertioga-Maresias

Larguei para os 75km da Bertioga-Maresias em uma espécie de angústia resignada.  Estava com o corpo mastigado, desmotivado e, em essência, absolutamente desnorteado. Havia, nos últimos meses, concebido um plano infalível para cumprir toda uma bateria de metas sobre-humanas em tempo recorde. No curtíssimo período de um ano, recém saído do Unogwaja, faria não apenas... Continuar Lendo →

Maratona de Curitiba

Sabe a pior coisa que alguém pode fazer quando está afogado em todos os sintomas de overtraining? Arrumar uma prova nova para fazer no curto prazo.  Pois é. Como preciso de um qualify para a Comrades e como essa maratona é sempre deliciosa de correr, foi exatamente o que fiz.  Como vou sobreviver até lá... Continuar Lendo →

42 quilômetros

Seja qual for a história real por trás da maratona, o fato é que os 42km inventados pelo homem para definir a prova mais sofisticada do atletismo conseguem definir toda a existência humana com uma precisão desconcertante, inigualável. 42 quilômetros. É como se a vida inteira, do nascimento à morte, se encaixasse nessa exata distância.... Continuar Lendo →

Toalha jogada (ao menos ontem)

Há dias em que o cansaço é simplesmente demais e que o melhor a se fazer é desligar a planilha e ouvir o corpo. Ontem eu tinha natação e bike. Na prática, o que acabei tendo mesmo foi uma boa noite de sono.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑