Comrades 2019

Lá pelo km 60, enquanto conversava com um senhor que estava na sua 42a Comrades, olhei para o lado e vi Thamar - Unogwaja de 2013 e chefe da equipe que está sendo formada para 2020. "Thamar!", gritei, entusiasmado por tê-la encontrado. Olhei para o outro lado e lá estavam Lee e David, Unogwajas do... Continuar Lendo →

Em casa

Pelas ruas, hordas de corredores ansiosos vindos dos quatro cantos do mundo - Singapura, Zimbabwe, Alemanha, Rússia, Colômbia, Itália, Brasil e outros mais de 50 países - desfilam tentando descobrir-se acordados aqui, realizados, depois de tantos meses de preparação. O mar se esparrama sobre a cidade ocre, essa coloração do ar tão tipicamente africana, realçando... Continuar Lendo →

O futuro do Unogwaja

Quando, no final do ano passado, a organização do Unogwaja soltou um comunicado cancelando a jornada de 2019, toda a comunidade em torno do projeto ficou invariavelmente preocupada. O que teria acontecido para que esse evento tão incrível, que proporciona tanta transformação tanto para os atletas envolvidos quanto para os apoios e, principalmente, para a... Continuar Lendo →

Está na hora da Comrades

Durban está logo ali na esquina do calendário. A ansiedade, por sua vez, já está devidamente acumulada, pulsando sangue pelas artérias e veias a cada treino.  Já me perguntaram inúmeras vezes por que eu ainda corro a Comrades. Esta será a minha quarta participação, afinal - o suficiente para conhecer cada centímetro do percurso e... Continuar Lendo →

Como foi a Maratona de São Paulo

Criticar a Yescom, principal organizadora de provas de corrida de rua no Brasil, virou uma espécie de esporte nacional há alguns anos. E, em grande parte, até havia mesmo motivos relevantes: a confusão generalizada (e desnecessária) da São Silvestre, a resistência em fazer ajustes mínimos em maratonas e meias pela cidade, a própria comunicação no... Continuar Lendo →

A Comrades se desburocratizou e voltou ao normal

Para quem não acompanhou (sabe-se lá como), a Comrades finalmente ganhou a queda de braço com a confederação sul-africana de atletismo e conseguiu tornar a tal carta exigida dos corredores inútil. Para não deixar dúvidas: a não ser que você seja um atleta profissional/ elite ou que seja cubano, tunisiano ou singapurense, não precisa esquentar... Continuar Lendo →

Transicionando… de novo

Triathlon olímpico feito, é hora de voltar os treinos para - claro - a Comrades, que já está logo ali. E não é tarefa fácil. Com a carga totalmente dividida entre corrida, pedal e natação, o maior longo que eu havia feito até a semana passada, ao menos desde a BR135, foi de algo como... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑