O dramático último minuto da Comrades

Para quem não sabe, a Comrades tem um tempo limite final de 12 horas para ser concluída. Quando o relógio oficial, portanto, bate as 17:30 em ponto, um tiro é dado para o alto e um cordão humano se forma fechando a chegada e impedindo que centenas de corpos, exaustos pelo esforço de correr por... Continuar Lendo →

Mapa detalhado da up-run

No ano passado, quando estava já aquecendo os motores para a Comrades no sentido Pietermaritzburg-Durban, recebi do Nato Amaral um mapa ultra mega detalhado do percurso. Devo dizer que ele foi BEM útil, principalmente por permitir que eu estudasse um pouco mais sobre os locais de cut-off e coisas do gênero.Peguei um mapinha novo diretamente... Continuar Lendo →

O primeiro ponto de corte

Já faz algum tempo que eu sigo, em meu Twitter, todo um universo de perfis relacionados a Comrades - de corredores a especialistas, de veículos de comunicação a veteranos. A ideia é simples: beber doses diárias da sabedoria dos que já completaram o percurso entre Pietermaritzburg e Durban, lendo suas dicas, experiências, casos de sucesso... Continuar Lendo →

Cut-off: seja rápido ou seja desqualificado

Uma das características mais marcantes de Comrades (e das grandes corridas africanas de forma geral) é a maneira que eles segmentam os resultados. Basicamente, a corrida tem tempo-limite definido de forma bruta - vale a hora da largada, e não o chip. Ao longo do percurso e no final, os corredores precisam chegar a determinados... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑