BR135, lá vamos nós!

Amanheci no domingo com alguns Whatsapps apitando no celular: os organizadores da BR135+, sem dúvidas uma das ultramaratonas mais duras do mundo, haviam publicado a seleção dos atletas convidados para a edição de 2019. Seleção? Pois é: dada a dificuldade e a distância (são 217km de percurso incluindo mais de 10 mil metros de subida... Continuar Lendo →

Documentário Unogwaja 2018

Se alguém está pensando em se candidatar para o Unogwaja 2018, mas ainda não decidiu de verdade... bom, vale a pena ver esse documentário sobre a nossa jornada inesquecível deste ano:

Olhando para os lados

Minhas próximas metas já foram definidas: BR135 em janeiro, MIUT em abril, Comrades em junho. De quebra, me inscrevi ontem nos 75km da Bertioga-Maresias em outubro desse ano. E sim, ainda tem alguma maratona qualquer, daqui até abril, qune será meu qualify na Comrades. Mas, ainda assim, exceto talvez pela MIUT, ainda sinto falta de... Continuar Lendo →

Finalmente pronto para recomeçar

Na semana depois do Unogwaja consegui rodar apenas 6km, lá em Cape Town, subindo o Signal Hill. Foi dolorido demais. Uma semana depois, já de volta, fiz 35km. Ainda com dor. E fraco, como se estivesse preso naquele ponto baixo de uma ultra onde a energia parece simplesmente inexistir. Semana passada fechei 50km. Nos primeiros... Continuar Lendo →

Unogwaja, dia 7

Acordei melhor. Não diria que 100%, mas o suficiente para largar para o pedal do dia. Por sorte, a temperatura esquentou, o que certamente ajudou bastante na "sobrevivência". Agora, na medida em que vamos nos aproximando da província de kwa-Zulu Natal, duas coisas passam a ser comuns: montanha e calor. Feliz pelo segundo, nem tanto... Continuar Lendo →

Unogwaja, dia 6

Por milagre, mesmo depois de ter passado o dia anterior vomitando e terminado no hospital, David Tay, de Singapura, voltou. Pedalou desde o início e terminou inteiro, forte, completando 171km com subidas bem duras. 171km: mais que os 162 planejados para o dia porque, como estávamos bem, decidimos comer mais alguma distância para deixar o... Continuar Lendo →

Unogwaja, dia 4

175K cruzando o deserto do Karoo. Montanhas, só ao fundo. Ao redor de nós, vales gigantescos, descampados, pontilhados apenas por antílopes e bois pastando. Antílopes e macacos cruzando a estrada reta, eterna, sem fim. Vento a favor empurrando. Todos os Deuses ajudando a tal ponto que chegamos mais de 2 horas antes do tempo. O... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑