A resposta da Bertioga-Maresias

Larguei para os 75km da Bertioga-Maresias em uma espécie de angústia resignada.  Estava com o corpo mastigado, desmotivado e, em essência, absolutamente desnorteado. Havia, nos últimos meses, concebido um plano infalível para cumprir toda uma bateria de metas sobre-humanas em tempo recorde. No curtíssimo período de um ano, recém saído do Unogwaja, faria não apenas... Continuar Lendo →

O que fazer agora?

O último post que fiz aqui foi há mais de 15 dias. Não foi à toa: a aventura lá na África me fez repensar tanto as minhas próprias metas e ambições endorfinadas que me peguei em uma espécie de encruzilhada. O que fazer agora? Voltei do Unogwaja com a absoluta certeza de que nunca mais... Continuar Lendo →

A história de Tim Don

Em 2017 ele destroçou o recorde mundial do Ironman aqui no Brasil. Em 2018, poucos dias antes de largar em Kona, a Meca desse esporte, ele foi atropelado por um caminhão e quebrou uma das vértebras. Como tratamento, ele optou pelo único que poderia curá-lo por completo - mas que também seria o mais doloroso:... Continuar Lendo →

Norseman

Não tenho nenhuma dúvida de que, depois desse próximo ciclo, um Ironman me aguarda. Faz parte do "olhar para os lados" que comentei no post de ontem e, claro, trata-se de uma "vontade" plantada em mim durante os treinos de bike para o Unogwaja. Mas, sem querer desmerecer um desafio que nunca fiz e que... Continuar Lendo →

E agora? (Parte 2)

Feitas todas as considerações sobre o que vem depois do Unogwaja do ponto de vista... digamos... "interno" (veja aqui), resta ainda responder sobre o futuro. O que vem depois de uma aventura como essa? Pois bem: três ou quatro respostas apareceram. 1) BR135+: Já fiz a BR em dupla, mas agora a meta é fazer... Continuar Lendo →

Arch to Arc

Dia desses me falaram de uma prova chamada Arch to Arc. Me senti um sedentário preguiçoso. Larga do centro de Londres. Corre 140km até Dover, na costa sul. Depois cruza o Canal da Mancha a nado, o que dá algo entre 50-60km, até a França. Finalmente, pega uma bike e roda quase 300km até o... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑