Do céu ao inferno

Sábado foi dia do meu primeiro simulado mais forte de triathlon, com 1.500m de natação, 50km de ciclismo e 10km de corrida pelas paisagens do Riacho Grande. E foi absolutamente perfeito. Nadei em um ritmo constante e mais forte que qualquer treino, mantive uma velocidade média superior ao meu normal na bike e corri tão... Continuar Lendo →

A vantagem do triathlon sobre as ultras

Semana passada eu falei sobre a vantagem das ultras sobre o triathlon. Confirmo cada palavra... mas um capítulo só dificilmente conta uma história inteira. Porque há todo um outro lado a se levar em conta também. Treinar para ultras inclui liberdade e variedade? Sem dúvidas - mas também carrega suas limitações. Poucos são os esportes... Continuar Lendo →

A vantagem das ultras sobre o triathlon

Há um problema em se treinar para triathlon que nunca havia me ocorrido antes (por pura falta de experiência ou raciocínio): a organização. Porque treinar para ultras é relativamente fácil: basta colocar um tênis qualquer e sair para a rua por um tempão. Aliás, essa é a maior beleza da corrida: ela é simples, tão... Continuar Lendo →

Pedal no toró

Quando liguei o GPS mara marcar o início do pedal, às 6:30 do sábado, ainda estava considerando desistir. O dia ainda estava amanhecendo, uma garoa fina alisava a lâmina de água já formada no asfalto do Riacho Grande e poucos, muito poucos ciclistas mostravam alguma disposição mínima para encarar o dilúvio que viria. Ainda assim,... Continuar Lendo →

A próxima estrada: Ironman

Minha experiência, hoje, com triathlon, resume-se a um simulado que fiz lá por agosto ou setembro do ano passado. Claro: já pedalo, nado e corro - mas considerar que o triathlon é apenas uma soma desses três esportes é de uma ingenuidade grande. Pois bem: é hora de mudar isso. Até o final da semana... Continuar Lendo →

Já no groove

A parte mais difícil do início de uma nova temporada ou de um novo ciclo é, sem a menor sombra de dúvidas, a descoberta de uma nova rotina. E mais: quanto mais intenso tiver sido o ciclo anterior - e, consequentemente, quanto mais cansado o corpo estiver - mais árido é esse retorno. Senti isso... Continuar Lendo →

Novo ciclo, novas descobertas

Sábado foi o primeiro dia em que eu saí para rodar com a Shiv, minha nova bike (e primeira de triathlon que já experimentei na vida). Parecia que estava aprendendo a andar de bicicleta de novo: levei tempo para me entender com os aerobars, as barras prolongadas à frente do guidão que permitem uma posição... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑