A corrida secreta com o Tempo

Cinco da manhã. Sob uma camada fria de neblina, na escuridão absolutamente deserta de Ílhavo, no norte de Portugal, saio para uma corrida solitária. Ainda será escuro, pelo menos até as 6:30 da manhã, e sei que terei como companhia apenas eventuais latidos de cachorros mal humorados que cismam em rosnar para quem quer que... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑