Como foi a Maratona de São Paulo

Criticar a Yescom, principal organizadora de provas de corrida de rua no Brasil, virou uma espécie de esporte nacional há alguns anos. E, em grande parte, até havia mesmo motivos relevantes: a confusão generalizada (e desnecessária) da São Silvestre, a resistência em fazer ajustes mínimos em maratonas e meias pela cidade, a própria comunicação no... Continuar Lendo →

Triday: a primeira prova de triathlon

Prova é prova. A distância pode ser a mesma que a de um treino, o percurso pode ser o mesmo, o clima até pode estar mais ameno - mas, por algum motivo qualquer, o coração palpita de uma maneira diferente. Principalmente nesse caso. Foi a minha primeira prova de triathlon, um olímpico incluindo 1.500m de... Continuar Lendo →

Update: sobre a carta da Comrades

Semanas se passaram, o prazo dado pela CMA (Comrades Marathon Association) - 02/05 - vai chegando perigosamente perto de se esgotar e, até agora... nada. Ou quase nada. Temos ao menos algumas explicações. O que vem a ser a carta de recomendação?Basicamente é uma espécie de atestado dado por alguém que nunca te conheceu ou... Continuar Lendo →

Quem sabe no futuro próximo?…

Ultra é um conceito que pode ser aplicado a qualquer esporte, certo? Basta, afinal, ir um pouco mais longe do que manda a regra, a tradição, o "normal". Pois bem... neste ano, meu irmão Unogwaja e ídolo André Costa encarará a UB515, um duplo Iron que ocorrerá em torno de Ubatuba, litoral norte paulista. Será... Continuar Lendo →

O próximo capítulo

Lembro-me de, semanas depois de ter terminado o Unogwaja, ter escrito algum post aqui sobre o fim de um capítulo e o começo de um outro. O outro, que confesso ter sido escrito com falhas ingênuas (como conciliar treinos intensos de ultra com triathlon), acabou precisando ser repensado, revisado, reescrito. Seu foco foi forçosamente enxugado... Continuar Lendo →

Vídeo: Documentário sobre Badwater

A BR135 é uma das poucas provas no mundo que, a depender do tempo do corredor, serve como classificatória para a Badwater. As distâncias são as mesmas - 135 milhas ou 217km, aproximadamente - e as dificuldades, senão idênticas, são pelo menos compatíveis. Se a altimetria da BR135 é muito, mas muito mais intensa -... Continuar Lendo →

A BR135 em cidades e quilômetros

Diferentemente de ultras como a Caminhos de Rosa, que se desenrola no ermo desértico do sertão, a BR135 cruza toda uma série de pequenas cidades coloniais históricas espalhadas pela Serra da Mantiqueira. Suas pouco mais de cinco maratonas, portanto, se desenham entre lugares belíssimos como Águas da Prata, Andradas, Ouro Fino e Inconfidentes, dentre tantos... Continuar Lendo →

30 dias de comemoração

Que o cansaço neste fim de ano está clamando por uma folga no trabalho, não nego. Mas também não nego que, de tão fantástico, haverá uma certa tristeza em ver 2018 entrar no passado. O lado bom disso é que, como sempre, dezembro se transforma em um mês inteiro de comemoração. Porque há menos trabalho... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑