Passa a bike!

O dia até começou calmo, silencioso, prometendo uma pedalada suave. Não durou muito tempo. Na verdade, durou exatos 17 minutos e 57 segundos: o tempo que consegui pedalar na USP nesta segunda-feita de tempo ameno, céu sem nuvens e ruas totalmente abertas. De repente, logo depois da rotatória no topo do morro que dá acesso... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑