Como se corre em uma cidade quase sem ruas?

A resposta: a ermo. Foi assim que corri na inimaginável, deslumbrante, embasbacante e inesquecível Veneza. Acordei, como de costume, com tudo escuro. Liguei o GPS, olhei para a frente, escolhi um lado qualquer e segui. Não tinha destino certo, mas alguns pontos isolados que queria conferir. A pequena estátua da Tetrarquia Romana, que os venezianos... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑