Spinning em Milão

A academia era gigante: tinha salas diferentes para os mais diversos esportes, algumas piscinas, um pátio cheio de esteiras e um quase confuso movimento de abelhas ocupadas. "Marquei de vir hoje", arrisquei em um italiano que mais parecia finlandês (ou tupinambá). "Atestado médico!", a atendente gritou de volta. Não sabia do que ela estava falando.... Continuar Lendo →

Descobri o spinning

Descoberta de ontem: se eu soubesse que aulas de spinning eram tão eletrizantes, lisérgicas e quase alucinógenas, com certeza teria optado por elas na minha época de faculdade ao invés de... bem... de outras coisas eletrizantes, lisérgicas e alucinógenas.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑