A próxima estrada: Ironman

Minha experiência, hoje, com triathlon, resume-se a um simulado que fiz lá por agosto ou setembro do ano passado. Claro: já pedalo, nado e corro - mas considerar que o triathlon é apenas uma soma desses três esportes é de uma ingenuidade grande. Pois bem: é hora de mudar isso. Até o final da semana... Continuar Lendo →

Já no groove

A parte mais difícil do início de uma nova temporada ou de um novo ciclo é, sem a menor sombra de dúvidas, a descoberta de uma nova rotina. E mais: quanto mais intenso tiver sido o ciclo anterior - e, consequentemente, quanto mais cansado o corpo estiver - mais árido é esse retorno. Senti isso... Continuar Lendo →

Novo ciclo, novas descobertas

Sábado foi o primeiro dia em que eu saí para rodar com a Shiv, minha nova bike (e primeira de triathlon que já experimentei na vida). Parecia que estava aprendendo a andar de bicicleta de novo: levei tempo para me entender com os aerobars, as barras prolongadas à frente do guidão que permitem uma posição... Continuar Lendo →

Reta final

A parte mais dura da semana mais dura já se foi - e se foi devidamente cumprida. Incluiu, em 4 dias úteis, 40km na segunda, 25km na quarta e 28km na quinta. 93K no total. O corpo acostumou à mastigação muscular. A cabeça lembrou de como é passar horas e mais horas ensimesmada. A pele,... Continuar Lendo →

Preparando os planos para 2019

Agora é só esperar a BR135 terminar e engatar o corpo todo no triathlon a partir de janeiro. O bikefit já foi feito e a companheira nova, afinal, já está em casa em casa implorando para ser pedalada 🙂

40 em uma segunda

A segunda começou cedo. Às 5 já estava levantando da cama para rodar 20km, metade do que estava programado para o dia. Já carregava um acúmulo de mais de 100K no corpo e dois longos dias sem descanso... mas a BR135 estava logo ali, à espreita, como que esperando algum desrespeito meu para dar o... Continuar Lendo →

A leveza do alto volume

Eu já havia esquecido de como era o estilo de treino para ultras longas como a BR135+. Normalmente, encaixamos em planilhas para provas que vão de maratonas até ultras de 90K toda uma série de intervalados, tiros e fartleks. Há volume, claro - mas ele acaba sendo balanceado com algum tipo de estímulo à velocidade... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑